Recent Posts

.
.
.

19 de jul de 2011

Emicida: O Artista Que Ganhou o Mundo Graças à Ajuda da Tecnologia

image

"Já que o rei não vai virar humilde, vou fazer o humilde virar rei".

O jovem Leandro Roque de Oliveira não estava sonhando. Emicida, como é popularmente conhecido, parecia prever o triunfo que estava por vir, graças à força de suas letras aliadas à nova tecnologia. "O que fez o meu trabalho ter toda essa repercussão foi a popularização das câmeras digitais e sites como YouTube. Isso fez com que as pessoas conseguissem transmitir os vídeos de uma maneira viral", explica Emicida.  

Apesar do computador não fazer parte de sua realidade até alguns anos, Emicida sempre gostou de tecnologia. O garoto do subúrbio paulistano quebrou a cabeça muitas vezes para conectar o maior número de equipamentos possível e criar algo novo. Hoje, o micro é indispensável para ele compor, produzir e divulgar seu trabalho.  

image

Aos 25 anos, Emicida é uma das maiores revelações do hip hop brasileiro - uma história que talvez não existisse sem a internet. Seu primeiro videoclipe oficial tem mais de 1 milhão de acessos no YouTube - isso sem contar as milhões de visitas a outros vídeos gravados por fãs em suas apresentações. "O interessante é como a tecnologia horizontalizou a produção. Claro que você tem as grandes empresas que produzem e vendem música e arte, mas também tem esses pequenos pontos independentes que conseguem usar essas ferramentas para ter um resultado muito próximo àquele obtido por essas grandes empresas", complementa Emicida.  

E o voo desse jovem está só começando. recentemente, ele se envolveu com um projeto criado em parceria entre a Intel e a revista Vice: o Creators Project, uma plataforma cultural onde arte, criatividade e tecnologia andam lado a lado. "A tecnologia, que já é uma forma de você se expressar, toma corpo e realidade quando a gente fomenta a oportunidade para artistas jovens se expressarem", explica Cássio Tietê, diretor de marketing da Intel Brasil.  

image

A grande novidade nesse segundo ano do Creators é o The Studio, uma iniciativa que vai oferecer recursos e novas tecnologias para viabilizar a produção de trabalhos de artistas inovadores ao redor do mundo - aqui no Brasil, inclusive. "No Studio, a gente vai selecionar artistas e ajudar com recursos e tecnologia. O próximo CD do Emicida será feito através do The Studio", explica Tony Cebrian, publisher da Revista Vice.  

O Creators Project vai realizar uma série de eventos artísticos em 2011 na Ásia, Europa e também no Brasil.

Acesse o site do projecto “Creators Project”: www.thecreatorsproject.com

Fonte: Olhar Digital || Noticiário Periférico

Comments
0 Comments