Recent Posts

.
.
.

15 de jul de 2011

Viva! O Novo Single do Emicida

viva_artwork_detail_em (1)

Depois de duas mixatapes de sucesso e um EP feitos na raça, no esquema “faça você mesmo”, Emicida lança hoje o primeiro single do disco Doozicabraba e a Revolução Silenciosa, feito em parceria com o The Studio, uma iniciativa do The Creators Project, e produzido por K-Salaam & Beatnick.

Viva” é, talvez, a música com mais suingue que já ouvimos do prolífico Emicida, que rapidamente está se tornando o cara mais trabalhador do show business brasileiro. A parceria com a dupla nova-iorquina traz o MC versando relaxado e um refrão empolgante que conta com o apoio melódico de Rael da Rima. Desde a primeira audição já deu pra imaginar o público cantando junto nos shows.

Conversamos um pouco com Emicida para saber suas impressões sobre a gravação do novo álbum e sua parceria com K-Salaam & Beatnick:

The Creators Project: Como foi o clima das gravações com o K-Salaam & Beatnick?
Emicida:Tudo aconteceu de uma forma muito espontânea. Os caras são bem resolvidos com a música e a carreira deles, assim como eu, então entrar em estúdio com um time deste sempre é prazeroso. O idioma não foi a barreira que imaginávamos que seria, afinal, estávamos fazendo música e a música é maior do que isto. Conversávamos uns 20, 30 minutos sobre cada faixa e partíamos pro aquário, sem muita firula.

Que diferenças principais sentiu no processo e no resultado do trabalho com a produção deles?
Produzir de uma maneira participativa é sempre melhor – poder opinar em cada detalhe e construir junto as músicas gera resultados melhores, era uma coisa que eu precisava pra seguir em frente na minha carreira. Sempre criei em cima de beats enviados pelos beatmakers, com eles participando do projeto. Construir as músicas desta forma dá uma cara mais homogênea ao EP, o que hoje para mim parece ser mais interessante por ser novo.

Em termos de sonoridade, o que mudou?
Acho que estou me tornando mais musical, no sentido de saber construir minhas frases casando-as melhor com as batidas. Claro que os beats também ajudaram muito nisso, mas eu acredito que trabalhamos com mini-melodias encaixadas cirurgicamente no tempo das bases, a música de K-salaam e Beatnick é grandiosa e acredito que conseguimos criar algo muito bonito nesta fusão!

O que viram ou aprenderam de novo?
Ensinamos os caras a falarem “zica braba”. Aprendi que ir para os Estados Unidos é legal, mas se você puder levar feijão é melhor ainda…
Cara, eu acredito que trouxe de lá uma outra visão sobre música, mercado, cultura, que misturada às minhas vai ser bem útil daqui pra frente.

Qual foi a inspiração para “Viva”?
A intenção de fazer as pessoas se sentirem bem independente do lugar ou situação. Muitas vezes a felicidade está em você e pode depender de uma questão de perspectiva. Amo fazer músicas que façam com que as pessoas se sintam bem, motivacionais (risos). Um dia olhei pela janela da minha mãe e vi dois moleques tomando banho de mangueira, falei ‘Caralho, a gente é rei e não sabe várias vezes…’ Voltei riscando a letra já. Ela iria se chamar Melô dos Vileiros", é um sub-titulo, mas a palavra “viva” se tornou muito forte durante as gravações e eu realmente a considero uma palavra muito bonita, virou o nome!

Emicida - Viva

No final de 2009 o The Creators Project gravou um mini-documentário com Emicida para lançá-lo como um de nossos criadores. No início deste ano, com a criação do The Studio, o rapper foi um dos artistas brasileiros a entrar para o grupo de contemplados do projeto, que entre outras coisas, oferece apoio, divulgação e financiamento de trabalhos para músicos, designers, cineastas, fotógrafos etc.

E fique ligado que no dia 31 de julho tem show de pré-lançamento do EP no evento The Creators Project: Brasil 2011 no Pavilhão da Bienal em São Paulo.

viva_artwork03_slide

Emicida - Viva
Download SoundCloud

Fonte: www.thecreatorsproject.com

Comments
0 Comments