Recent Posts

.
.
.

11 de nov de 2011

Mixtape = Rascunho? [Por Cláudio Kiala]

imageTemos observado o ritmo crescentemente infinito e acelerado de lançamento de mixtapes em Angola, o que não é mau de todo, tendo as suas vantagens. Para a minha ingénua e talvez não profunda percepção, uma mixtape é uma compilação de faixas na qual um artista normalmente canta em instrumentais alheios, e a usa para promoção do seu trabalho, escolhendo como promover.

O que tenho visto/ouvido muitas vezes é rappers usarem Mixtapes como um rascunho. O lugar onde vão colocar todas as infindáveis músicas que não teriam coragem de colocar num álbum (que vem a ser mais sério). Sim, de facto uma mixtape não precisa ter a mesma seriedade de um álbum, mas pelo menos respeito ao consumidor.

Eu falo como ouvinte e não qualquer outro posto que me possa vir a favorecer.

Vejo músicas sem qualidade técnica e eles respondem: "É só para a minha mixtape"; Músicas totalmente rasuradas, sem estética e eles justificam: "É só porque é pra minha mix"; composições fraquíssimas e eles alegam: "É só de momento, porque é para a minha mixtape", o que me leva a questionar e reformular o meu conceito de MIXTAPE.
Não me importa se a tua mixtape irá ser feita pelo melhor designer do Talatona ou se conseguiste com o dinheiro do hustlin'. Refiro-me à respeito ao consumidor. Infelizmente nem todos os mcs podem ser bons, mas pelo menos sabemos identificar quando um MC faz a coisa só para ter músicas em quantidade quando nos começam a surgir temas sem conteúdo de cinquenta segundos para acharmos que pela quantidade os nossos 500 kzs (ou 1000) foram bem gastos, ou a nossa paciência para baixar a coisa da internet foi justificada.

Em momento algum exortei os Mcs para serem mais Underground ou mais comerciais. Eu exorto a serem mais responsáveis para com quem ouve. Os artistas têm usado muito mal o seu conceito de Mixtape e depois estão todos orgulhosos por terem mais de 3 mixtapes. Sem querer desrespeitar ninguém mas se em 3 mixtapes tu não tens o respeito merecido, se calhar o problema não esteja com o público, mas sim como e o que transmites.

Falando já como rapper, não sei se a minha presença nas músicas interessa a muita gente mas muitas das vezes é isso que me leva a não participar em Mixtapes. Eu tenho algumas boas músicas gravadas mas que nunca vieram a tona e se calhar nem venham, mas porque simplesmente eu achei que fosse um ensaio e o público não tem de sofrer com as minhas tentativas suicidas de tentar os agradar com "ensaios". Infelizmente muitos ainda fazem isso. Se a cena for criticada, "é só de leve". Se for elogiada: "this is how we do, ni*ga, fo' sho"

Acho que devemos controlar mais o que sai, ter paciência e dedicação. Existem muitos MCs que fazem sucesso com mixtapes. Casos como o NGA, que às vezes disponibilizam a mixtape na net, Vui Vui, Abdiel, etc., foram casos de sucesso, ou ainda novamente NGA, Kid MC, e outras, que foram vendidas e tiveram uma aderência enorme.

Por favor, não usemos Mixtapes como o nosso rascunho de ensaios públicos.

Fonte: www.buscadoego.blogspot.com

Comments
0 Comments